Computadores jurássicos: como instalar um HD IDE

hd ide

Mesmo depois do SATA e com a chegada do SSD, ainda há quem use o HD IDE

Há quem defenda que os eletrônicos de antigamente duravam mais do que os de hoje. Com diversas empresas praticando a maliciosa obsolescência programada, a afirmação faz muito sentido. Não à toa, ainda há bastante gente trabalhando com computadores bem antigos, do período Jurássico da informática brasileira. Dessa forma, alguns hardwares que saíram de linha – como o HD IDE – ainda podem ser encontrados em máquinas por aí.

O problema é que quando há uma substituição de tecnologias, a antiga acaba sendo esquecida por desenvolvedores e trabalhar com elas pode se tornar bem complicado. O HD IDE, por exemplo, existe desde 1986 (você já pensava em ter um computador nessa época?) e já foi ultrapassado por diversas tecnologias que hoje também estão antigas! Para que usuários de computadores jurássicos não fiquem em desvantagem, que tal um tutorial de como instalar o HD IDE?

Como instalar um HD IDE


Primeiro, é importante lembrar que o HD IDE não é compatível com placas-mães modernas, esse tutorial só é válido para quem tem, de fato, um computador “das antigas”.

  1.        hd ideRegra mais fundamental para quem vai mexer em hardware: desligue o computador completamente primeiro! Depois, utilize uma chave Philips de fenda para remover a tampa lateral do gabinete.
  2.        Hora de configurar a função! Localize no HD uma chave – jumper, para os entendidos – que deve ter três posições. Pode ser master, slave ou single. Escolha a que melhor se adequa às suas intenções.
  3.         Agora, deve-se encaixar o HD em sua respectiva baia de 3,5’’. Lembrando que a etiqueta do HD fica virada para cima e os conectores para a parte interna do gabinete. Encontrando o loca correto, basta parafusar o HD na baia. Caso não tenha os parafusos originais, as especificações são: quatro parafusos de rosca grossa e 4 mm de comprimento.
  4.        Ligar o cabo na placa-mãe é muito simples! Afinal, o HD e a placa possuem apenas um socket enorme com 40 pinos. Apenas certifique-se de colocá-lo do lado certo e não forçar caso esteja com dificuldade.
  5.        Para finalizar, basta ligar o HD à fonte de alimentação do computador. O cabo de energia possui a ponta mais estreita que vai à placa-mãe e, geralmente, é composto de quatros cabos menores e coloridos.

Lembre-se, é claro, de fechar o computador de novo! O objetivo é que ao ligar o computador, o HD IDE seja reconhecido automaticamente. Caso isso não aconteça, aí deve ser melhor procurar ajuda profissional.

E continue ligado no Sul do Mundo para novidades da tecnologia, mas também pode contar com aquela ajuda para quem possui computadores dinossauros!

Categoria: Conteúdo, Informática
Tags: Dicas, Hardware, História, Informática, Sul do Mundo

voltar para Blog Sul do Mundo

show tsN fwR fsN center|left fwR tsN|left fwR tsN show|bnull|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|uppercase c05s|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||