Microsoft Edge: usar ou não usar, eis a questão

edge

O Windows 10 já está completando duas semanas de lançamento, até agora já te demos vários motivos para testá-lo e até ensinamos como instalar. Mas e o que falar do Microsoft Edge, navegador que veio para substituir o tão infame Internet Explorer? Será que o novo navegador, antes chamado Spartan, será capaz de tapar o rombo causado na reputação da Microsoft por causa de seu antecessor?

Confira cinco motivos pelos quais, sim, o Microsoft Edge vale a pena:

  1.         Muito mais rápido – Lembra-se da morosidade infeliz do Internet Explorer? O treinamento espartano dado pela Microsoft ao seu novo navegador valeu a pena! O Microsoft Edge está muito mais rápido que seu antecessor e chegou, inclusive, a vencer o Google Chrome em vários testes de desempenho.
  2.        Anotações na web – Para quem usa o Windows 10 e o Edge em dispositivos com touchscreen, é possível utilizar uma caneta para fazer anotações e desenhos sobre as páginas da web. E essas anotações podem ser salvas graças à integração com o Microsoft OneNote.
  3.        Cortana – Direto da franquia Halo para computadores e dispositivos móveis de todo o mundo, a assistente Cortana veio para ajudar sua navegação. Clicando no ícone “Ask Cortana!, você pode pedir que a assistente realize buscas e faça a navegação por você. O único contra é que, por enquanto, só é possível utilizá-la em inglês.
  4.        Lista de leitura – É comum que você se depare com páginas muito interessantes mas não possa parar para lê-las na hora? Com a lista de leitura do Edge, é possível salvar essas páginas para ler depois sem precisar deixar várias abas abertas, lotar seus favoritos ou criar um arquivo para anotar os links.
  5.        Modo de leitura – A Microsoft estava, de fato, preocupada com a qualidade da leitura ao desenvolver o Edge. Ao selecionar o Modo de Leitura, todas as informações desnecessárias, como imagens, pop-ups e publicidades são deixadas de lado para que você possa se concentrar no texto.

edgeNo entanto, nem tudo são rosas! Apesar de todas as melhorias, o Microsft Edge ainda dá algumas escorregadas. Confira agora os cinco motivos pelo qual o Edge ainda não atingiu a perfeição:

  1.        Sem extensões – Sabe todas aquelas extensões úteis para o Firefox e Chrome como o AdBlock, nCage e Hola Unblocker? No momento, o Edge não dá suporte a nenhuma delas, o que é uma vacilo da Microsoft tendo em vista o sucesso e a procura dos internautas por esse tipo de software.
  2.        Cortana – Como assim, a Cortana não é um ponto positivo? Sim, ela é! No entanto, é uma falha da Microsoft não ter feito a localização dessa função para o Brasil, um mercado emergente e muito interessado em tecnologia.
  3.        Nada de temas – Tá certo que nem todos gostam de personalizar o navegador, mas opção nunca é demais. Infelizmente, a única personalização do Edge é a possibilidade de escolher entre padrões de cores pré-definidos, enquanto a concorrência permite temas que mudam a aparência por completo.
  4.        Smartphones – Sim, existe uma versão portátil do Edge para quem tem dispositivos com Windows 10. Mas e os milhões de usuários do Android e iOS, não poderão integrar a navegação do desktop com o mobile?
  5.        Sem Whatsapp Web – Uma das funções mais úteis de um dos aplicativos mais populares da internet ficou de fora do navegador oficial do Windows 10. Como assim, Microsoft?

Colocando esses 10 tópicos na balança, você fica com vontade ou não de testar o Microsoft Edge? Apesar das falhas, as funções de leitura e a turbinada na navegação são um excelente motivo. Sem contar que essas falhas podem ser resolvidas sem muito esforço da Microsoft, basta vontade!

Categoria: Informática, Opinião
Tags: Lista, Microsoft Edge, Navegação, Sul do Mundo, Windows 10

voltar para Blog Sul do Mundo

show tsN fwR fsN center|left fwR tsN|left fwR tsN show|bnull|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|uppercase c05s|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||