Navegação anônima é tão privada assim?

navegação anônima

Se você é um jovem na faixa dos 14 aos 25 anos, com certeza já ouviu falar em navegação anônima (ou privada) e, talvez, use até use-a com frequência – para fins de estudo e trabalho, é claro. Se você não faz parte deste grupo, talvez não conheça ou tenha apenas ouvido mitos sobre esse recurso. E é justamente para desmistificar a navegação anônima que o post de hoje do Sul do Mundo é dedicado. Jovens, fiquem tranquilos, nenhum segredo será revelado aqui.

Uma explicação rápida sobre o que é isso tudo. Provavelmente, você já reparou que tudo o que você faz durante a navegação na internet fica salvo em algum lugar, certo? Há um histórico de navegação, as publicidades online sempre sugerem algo relacionado às suas pesquisas... A navegação anônima é uma recurso oferecido pela maioria dos navegadores atuais para, justamente, evitar que esses dados sejam salvos.

Então ninguém sabe o que eu faço na internet?

navegação anônimaNão é bem assim. Por um lado, outras pessoas que compartilham o computador com você, de fato, não verão no histórico do navegador ou na publicidade nada que tenha sido feito durante a navegação privada – respirem aliviados, jovens adultos! No entanto, não é porque esses dados foram excluídos do computador que eles deixaram de existir.

Para começar, estudos apontam que existem alguns tipos de dados que são salvos em alguns navegadores, como o Firefox que salva pedidos SSL, mesmo em modo anônimo. Há, ainda, uma falha no Safari que armazena todos os dados de navegação no computador mesmo em guia anônima. E usuários do Chrome que quiserem esconder o que fazem na guia anônima precisam lembrar que é necessário deslogar sua conta Google, pois o histórico ficará salvo na conta. Outra solução é ativar o modo visitante

Mas essas são apenas diferenças entre navegadores, há outro ponto importante: é possível localizar o histórico de navegação pelo IP. E o problema – ou não – é que o IP não é protegido pela navegação na aba anônima. Se, em uma situação hipotética, uma decisão judicial demandar que seu histórico de navegação anônima seja revelado, isso é possível. No entanto, caso não seja suspeito de crime algum, não há porque se preocupar com isso.

Para os que, de fato, sentem que precisam esconder alguma coisa ou querem desesperadamente fugir da publicidade online, há o Tor Browser. Este navegador – famoso por ser utilizado para acessar a Deep Web – oferece, além da navegação anônima, a possibilidade de mascarar seu endereço IP, tornando praticamente impossível o rastreamento do histórico de navegação.

Sobrou alguma dúvida sobre navegação anônima? Sinta-se à vontade para perguntar nos comentários ou redes sociais, o Sul do Mundo está sempre pronto para dar as melhores dicas de  tecnologia, internet e informática!

Categoria: Conteúdo, Informática
Tags: Informática, Internet, Navegação, Sul do Mundo

voltar para Blog Sul do Mundo

show tsN fwR fsN center|left fwR tsN|left fwR tsN show|bnull|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|uppercase c05s|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||