Tecnologia: evolução, problemas e soluções

tecnologia
Na semana passada a Apple anunciou o novo MacBook, mais poderoso e fino do que nunca. A empresa do finado Steve Jobs promete que a nova tecnologia deve reinventar os notebooks. Mas, na verdade, o que realmente impressiona no novo MacBook é como ele consegue ser tão fino e, ainda assim, dispor de um hardware tão poderoso. Para ter uma ideia, a espessura total do notebook e de 13,1 milímetros. Pegue uma régua, faça um risco de um centímetro e um papel e divida esse risco em 10 partes. O novo MacBook é um pouco mais “grosso” do que uma dessas partes.

macbookÉ claro que a compactação de tecnologia não é nenhuma novidade. Quem nunca ouviu a história de que os primeiros computadores do mundo precisavam de uma sala só para eles? E, pode ter certeza, essas máquinas imensas gastavam muito mais energia para fazer muito menos coisas que o seu smartphone faz. Assim como a portentosa televisão de tubo de 29 polegadas – sonho de consumo no começo da década passada – parece quase absurda ao lado de uma TV de led da espessura de um lápis.

O que falar, então, dos celulares? Antes um trambolho sem precedentes que, muitas vezes, exigia que o usuário utilizasse suas duas mãos para fazer uso da tecnologia de forma confortável. Agora, o celular é um dispositivo finíssimo e que, muitas vezes, nem é necessário utilizar as mãos para fazê-lo funcionar, bastam comandos de voz. A única coisa nos aparelhos de telefonia móvel que parece ter piorado com o tempo é a duração da bateria. Sério, o primeiro celular a anunciar que aguenta dois dias de uso com apenas uma recarga será líder de vendas absoluto. Mas, enfim, será que esse emagrecimento é tão bom assim?

chipPrincipais problemas

No final do ano passado, a empresa asiática Vivo – sem relação nenhuma com a empresa de telefonia no Brasil – anunciou o lançamento do Vivo X5 Max, o celular mais fino do mundo. Se a tecnologia, de fato, impressiona, ao mesmo tempo é possível colocar alguns defeitos. Que tipo de estrutura pode garantir a resistência de um aparelho tão fino?

Quando a Apple largou de vez o visual um pouco mais “gordinho” que marcou seus celulares até a quinta versão para adotar um visual mais achatado em seu iPhone 6, além de perder o visual elegante que muito agradava o redator de texto, começou a pipocar nas redes sociais imagens de celulares que entortaram no bolso de usuários. Ou seja, além de deixar o aparelho mais parecido com aqueles fabricados pela Samsung, a Apple foi motivo de piada pela fragilidade do dispositivo.

Outro grande problema é o superaquecimento dos aparelhos menores. Processadores são componentes que geram calor ao trabalhar e necessitem ventilação e um ambiente arejado. Já existem celulares que utilizam processadores de quatro núcleos e, ainda assim, não dispõem de um cooler ou espaço para arejar, exatamente pelo formato esguio que apresentam. Até mesmo os videogames mais modernos – que de compactos não têm nada, como pode ser observado no PS4 e Xbox One – sofrem com problemas de superaquecimento.

tecnologiaPossível fim da Lei de Moore

Em meados em 1965, quando computadores domésticos ainda estavam longe de se tornar realidade, o - então - presidente da Intel Gordon Moore deu uma afirmação que se provaria acertadíssima: a cada 18 meses seria possível dobrar o número de transistores em um chip pelo mesmo custo. Ou seja, o avanço da tecnologia permitia a otimização da relação entre espaço e poder por um preço gradativamente menor.

No entanto, a Lei de Moore está começando a se mostrar datada. Pelo menos é o que se pode entender da declaração de Carl Anderson, pesquisador da IBM, que anunciou que a tecnologia está se encaminhando para um futuro menos otimista. As pesquisas e inovações já não tentam desenvolver processadores maiores e, sim, aproveitá-los melhor. No entanto, essas pesquisas não são tão baratas.

É claro que, até o momento, cientistas e engenheiros sempre encontram uma solução para os novos problemas que vem surgindo. A nanotecnologia aparece como uma promessa para o desenvolvimento de dispositivos menores e mais potentes. E, é claro, toda novidade que sair sobre assunto será noticiada aqui, no Sul do Mundo!

Categoria: Informática, Opinião
Tags: Blog da Sul, Informática, Internet, Notícia, Opinião

voltar para Blog Sul do Mundo

show tsN fwR fsN center|left fwR tsN|left fwR tsN show|bnull|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|uppercase c05s|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||